Receitas de comida

Sopa cremosa de alcachofra de Jerusalém, torrada quente de queijo de cabra


Aqui está um casamento original com esta sopa de alcachofra de Jerusalém temperada com uma torrada crocante de queijo de cabra.

Ingredientes para 4 pessoas

  • 500 g de Alcachofras de Jerusalém
  • 2 batatas (Bintje, Charlotte)
  • 2 fundosalcachofras na jarra
  • 1 litro de leite integral
  • 15 cl de creme líquido (30% de gordura)
  • 4 pequenas fatias de pão de centeio (ou country)
  • 12 fatias finas de peito de pato defumado
  • 8 kernels de nozes
  • 4 fatias de queijo de cabra
  • Pimenta salgada

Receita de velouté cremoso de alcachofra de Jerusalém e torrada quente de queijo de cabra

Esta original sopa de alcachofra de Jerusalém temperada com uma torrada crocante de queijo de cabra.

  • Escorra, enxágue e corte o fundo de alcachofra em 6 quartos.
  • Descasque, lave e corte as alcachofras e as batatas em pedaços.
  • Despeje o leite em uma panela, acrescente as alcachofras e as batatas. Deixe ferver e cozinhe até que os vegetais estejam macios.
  • Misture, despeje o creme líquido, tempere.
  • Mantenha morno.

Pré-aqueça o forno a 180 ° C (th.6).

  • Esmague os grãos de noz.
  • Disponha as fatias de pão em uma assadeira, coloque as fatias de queijo de cabra por cima.
  • Leve ao forno e leve ao forno até o queijo derreter. Retire do forno. Distribua as fatias de peito de pato.
  • Coloque os quartos de alcachofra no fundo de 4 pratos fundos, despeje a sopa (a sopa vai aquecer a alcachofra).
  • Sirva com pequenos sanduíches de queijo de cabra quente.
  • Polvilhe todo com nozes trituradas.

B.A.BA do Chef

- Você pode fazer a sopa de outra forma: dourar 1 cebola picada em 20 g de manteiga, adicionar os pedaços de
batatas e alcachofras de Jerusalém. Mexa, adicione ½ litro de caldo de galinha e ½ leite e continue com a receita.
- O peito de pato pode ser substituído por fatias finas de bacon.
- A única dificuldade com esta receita está no descasque das alcachofras de Jerusalém.

____________________
Lado da adega:

Se a realização deste prato é muito simples, o seu sabor, entretanto, é enriquecido pelo pão. Isso traz notas de animais
e cheesy, bem como uma dimensão crocante que realça o carácter macio, cremoso e vegetal da sopa, em que os aromas comuns à alcachofra e à alcachofra de Jerusalém se reforçam.

Em termos de acordo, pensa-se com naturalidade num vinho feito a partir da casta Sauvignon, que sabemos combina perfeitamente com queijo de cabra. Neste caso, podemos escolher um Valençay, cujos cheiros de aspargos e urtiga irão sustentar a sopa, um Sauvignon de St Bris, o único Burgundy feito a partir desta casta, cujas notas de buxo e citrinos vão mais na direcção do pão.

Para os amadores, também podemos aproveitar a chegada dos primeiros vinhos para fazer um casamento não de razão mas de época com um Beaujolais Nouveau ou um gamay de Loire Primeur que, pela sua frescura e frutado, vão dar profundidade ao preparo.

Idéia de preço:
- Valençay 4 a 7 €
- Sauvignon de st Bris 5 a 8 €
- Beaujolais nouveau 3 a 8 €
- Gamay de Loire primeur € 3 a € 6
Sr. Chassin

____________________
Palavras culinárias:

Esmagar: esmagar mais ou menos.

Receita: T. Bryone, Foto: C. Herlédan


Vídeo: A Mulher do Chef: receita corações de alcachofra (Outubro 2021).